Preservação da Fertilidade

Investigação
Genética do
Embrião

Agende uma consulta

Diagnóstico genético
pré-implantação (PGD)

A investigação genética dos embriões é feita nos embriões obtidos através da técnica de fertilização in vitro (FIV), estudo feito antes que esses embriões sejam transferidos ao útero materno.
Apesar de um número crescente de doenças genéticas que agora podem ser diagnosticadas por essa técnica, nem toda doença genética é diagnosticada dessa forma.
As doenças genéticas podem ser devido à alteração de um gene ou ligadas a anormalidades do cromossomo sexual.Nas doenças de gen único, tais como a fibrose cística, uma amostra do embrião examinada pode identificar essa condição. Outras como, distrofia muscular de Duchenne, ou a hemofilia, afeta somente homens (doenças ligadas ao sexo). Nesses casos examinamos o sexo do embrião e somente os femininos serão transferidos.
Nos casos de anormalidades cromossômicas recorrentes como a síndrome de Down, ou nos abortamentos de repetição que podem ser causados por translocações dos pais, também estaria indicada. O número e as características de vários cromossomos devem ser examinados.

Investigação genética pré-implantação (PGS)

Permite analisar de forma sistemática as aneuploidias. Condição em que as células do embrião contêm um número errado de cromossomos. Essa investigação permite que o médico selecione somente os embriões cromossomicamente normais para transferência.

Dr. Gilberto da Costa Freitas

Dr. Gilberto da Costa Freitas

Doutor em Medicina Reprodutiva pela USP, especialista em reprodução humana há quase 30 anos e possui excelência nos tratamentos.

Ver detalhes +
Fale com o Doutor